quinta-feira, 17 de março de 2016


Novo lançamento: A Cruz é Crucial.



Nesta altura do ano o tema central é o sacrifício de Jesus Cristo na cruz.

Estamos muito satisfeitos por poder anunciar um novo lançamento que abordará duma forma única este tema, com o titulo: A CRUZ É CRUCIAL.



A CRUZ É CRUCIAL é um livro baseado em duas gravações em série de ensino dado por Derek Prince.

Sobre muitos temas no mundo cristão poderá haver diferenças, mas sobre  um determinado assunto não se pode negociar: O Sacrifício de Jesus na Cruz! 

É a única base para a fé cristã; a maior prova do amor de Deus; a mensagem central (base) que torna todo o resto do ensino eficaz.

Duma forma única Derek Prince revela neste estudo profundo, várias verdades básicas para a vida cristã. Durante a leitura, todos os crentes recém-convertidos ou adultos, serão abençoados, mas também confrontados pelos princípios da Cruz*, por exemplo:

·        A Base de Deus para a Restauração
·        Acesso aos Benefícios de Deus
·        O que a Cruz* faz para Mim
·        O que a Cruz* faz em Mim


Quando os filhos de Deus colocarem novamente a Cruz* no centro, a igreja não mais será fraca ou dividida e o poder de Deus revelar-se-á em pleno. 

* Só para esclarecer o que Derek Prince quer dizer quando fala "da Cruz" segue aqui o que ele diz na página 9 e 10 do livro:

"Primeiramente,  deixe-me  explicar  o  que  quero  dizer 
quando falo da Cruz; para a maioria das pessoas, a cruz é 

uma peça de madeira ou metal que se pendura ao pescoço 
ou nas paredes das igrejas. Quero deixar claro que não estou, 

de forma alguma, a criticar isso. Posso aceitá-lo plenamente. 
Na verdade, em alguns dos círculos sociais anti-Cristãos em 
que me movimento, fico sempre contente por ver alguém 

com uma cruz ao pescoço, porque isso diz muito nesses 
ambientes. Mas quando falo da Cruz, não é dessa cruz que 
me refiro. Quando falo da Cruz, refiro-me ao sacrifício que 

Jesus fez na cruz, à Sua morte sacrificial e a tudo o que ela 
alcançou por nós. Mas em vez de usar sempre as mesmas 

frases, eu condenso-as em duas palavras: “A Cruz”." 


Sem comentários:

Enviar um comentário